Auto atendimento Auto Atendimento Acesse aqui

O que é uma cooperativa?

Uma cooperativa é uma associação autônoma de pessoas que se unem voluntariamente, sem fins lucrativos, para satisfazer aspirações sociais, econômicas e culturais comuns, por meio da criação de uma sociedade democrática e coletiva. O cooperativismo, de uma forma geral, visa o desenvolvimento do ser humano, das famílias e da comunidade. Há vários ramos do Cooperativismo, entre eles, o de crédito.

Quem é a CooperJohnson?

Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Empregados da Johnson&Johnson, fundada em janeiro de 1973, localizada em São José dos Campos (SP).

Qual o objetivo da cooperativa?

Como Cooperativa de crédito, a CooperJohnson tem como objetivo realizar empréstimos aos seus associados com os menores juros, promover atividades que busquem a educação financeira e o bem-estar e proporcionar um bom rendimento para sócios que buscam poupar dinheiro.

Como é composto os juros da Cooperativa?

O cálculo dos juros da CooperJohnson é composto pela SELIC mais um percentual de rateio das despesas da Cooperativa.

Qual a relação da CooperJohnson com a Johnson&Johnson?

A CooperJohnson foi fundada em 1973 pelos colaboradores da Johnson&Johnson, e é uma entidade financeira com responsabilidade jurídica separada, onde os funcionários associados são os proprietários.

Quem cuida da Cooperativa?

Há uma diretoria nomeada em assembleia para fiscalizar e controlar todas as atividades da CooperJohnson. Todos os membros da diretoria são sócios da Cooperativa exercendo paralelamente outra função na Johnson&Johnson.

Quem pode se associar? E como fazer?

Funcionários efetivos dos grupos: Johnson&Johnson, CooperJohnson, Johnson Clube do Brasil, Escola de Enfermagem e ex-empregados Johnson & Johnson participantes da Sociedade Previdenciária.

Para se associar é preciso entrar em contato com a Cooperativa pelo telefone, site ou pessoalmente. Também é necessário preencher a ficha cadastral de admissão e depósito.

Após assinar o contrato, você deverá integralizar um valor mensal de no mínimo R$ 50,00 e máximo de R$ 1.000,00 que poderá ser descontado em folha de pagamento.

Não há um valor para taxa de adesão, somente o valor a ser inserido mensalmente.

Aos poucos, este valor irá formar uma espécie de poupança, nomeado de Capital, com a vantagem de que estará corrigido com o teto máximo da SELIC.